sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014 0 comments

Ser professor

"Outro problema maior que estamos enfrentando hoje é a entrada  na nossa área dos não-indios que são os madereiros. Eu acho que lá na aldeia eles não vêem isso ou fingem que não vêem. O meu padrasto, ele era só um professor, mas ele enfrentava eles. Ele entrava na nossa área para verificar se eles não estão roubando madeira, mas infelizmente ele se foi em 24 de janeiro de 2013.

Por isso que quero ser igual a ele, ser professora, mas também enfrentar, esses problemas que hoje ninguém está enfrentando. Então ser professor não é só ensinar a ler e escrever. É ensinar o aluno a saber confrontar a realidade de opressão de nós povos indígenas. Ser professor é isso, é saber dialogar, fazer refletir os problemas"

Edimara Gavião, após discussão sobre Paulo Freire em aula de Inglês Intercultural.
 
;