segunda-feira, 3 de agosto de 2015 0 comments

Santa Dica está viva!!!


"é uma prova, na história de Goiás, que a opressão social pode ser combatida com a força do imaginário. Nenhuma arma é capaz de destruir um sonho libertador"

(Marcio V. Nunes, diretor do documentário Santa Dica, abril de 2005)


Em julho conheci Lagolândia, a terra da Santa Dica, uma mulher de pulso forte que teria comandado legiões, instituído o sistema de uso comum do solo e abolido o uso do dinheiro. Uma versão feminina (e feminista!) de Canudos em meio a Goiás. (Veja aqui a história). 
O trabalho duro, mas poético, do cotidiano de Lagolândia.

Com as amigas, na casa de Santa Dica.


Esse espírito de luta, essa consciência de que a opressão social deve ser combatida com ternura, deve ter inspirado a formação da Licenciatura em Educação Intercultural, na qual tenho o prazer de participar.


Profa. Miracema Krikati, formada na Licenciatura Intercultural da UFG, atua como professora convidada para turma de 2011. Com a participação da pequena Mirella.




 
;